sábado, 23 de abril de 2011

MERICA MERICA

Mèrica Mèrica Caetano Veloso
video 
Da l´Italia noi siamo partiti
Siamo partiti c´o nostri onore
Trienta e sei giorni de machina e vapore
E i Mèrica noi siamo arrivà

Mèrica, Mèrica, Mèrica,
Cosa sarála sta Mérica?
Mèrica, Mèrica, Mèrica,
L´è un bel massolino de fior

A la Mèrica noi siamo arrivati
No abiam trovato n´è pàglia, n´è fieno
Abiam dormito su´l nudo terreno
Come le bestie abiami riposà

Mèrica, Mèrica, Mèrica,
Cosa sarála sta Mérica?
Mèrica, Mèrica, Mèrica,
L´è un bel massolino de fior

La Mèrica, l´è lunga e l´è larga
L´è formata de monti e de piani
E co´le industria dei nostri italiani
Abiam fondato paesi e cità.

Mèrica, Mèrica, Mèrica,
Cosa sarála sta Mérica?
Mèrica, Mèrica, Mèrica,
L´è un bel massolino de fior


sexta-feira, 22 de abril de 2011

quinta-feira, 21 de abril de 2011

ÉPOSSIVEL!

video
Tomara consigamos reproduzir isso em nossas vidas!

quinta-feira, 7 de abril de 2011

VIA MEDIA - Aristoteles




F A L T A
DEFICIÊNCIA

Covardia: ter medo de tudo ou deixar que o medo domine. 
Insensibilidade: não desejar nada e ser insensível.
Avareza: jamais gastar o dinheiro e querer guardar sempre o que tem, além de ganhar mais.
Vileza: nunca usar nada bonito - roupa, por exemplo - e criticar os outros por isso.
Modéstia: achar que é menor que os outros, ou mais feio, ou errado.  
Indolência: nunca fazer nada para si e para os outros, procurando só o que é mais fácil.
Indiferença: ignorar as pessoas completamente.               .                                          .                                               .
Descrédito próprio: Não se achar bom em nada.             .                                          .                                               .                                               .
Rusticidade: nunca usar a inteligência para viver, agindo sempre por instinto.
Enfado: ser chato, pesado, incapaz de dizer um coisa boa para as pessoas.                        .
Desavergonhado: mostrar tudo o que tem, a ponto de não sobrar nada para si.
Malevolência: não se importar com a maldade e usá-la a seu favor.




VIA    MÉDIA
E Q U I L Í B R I O

Coragem: saber enfrentar os medos e perigos, calculando a hora de agir.
Temperança: saber usar os prazeres em se prejudicar.
Liberalidade: saber gastar o dinheiro, escolhendo onde gastá-lo.                                          .
Magnificência: saber usar coisas bonitas.                                     .
Respeito próprio: reconhecer seus defeitos e qualidades e não deixar as pessoas diminuírem sua auto-estima.
Prudência: saber a hora e como agir para alcançar seus objetivos.                             .
Gentileza: ser agradável com todas as pessoas, conter a raiva.                                     .                                               .
Veracidade: ser verdadeiro e receber crédito por isso, saber seus limites, saber que é bom em algumas coisas e que não é bom em outras.
Agudeza de espírito: saber usar a inteligência de modo brilhante.    .
Amizade: saber se relacionar com as pessoas por meio do afeto e da inteligência.                           .
Comedimento: saber como se mostrar para os outros.              .
Justa indignação: saber quando uma coisa está certa ou errada.   .




S O B R A
EXCESSO

Temeridade: não ter medo de nada e se arriscar em todas as situações de perigo.
Libertinagem: viver somente atrás de prazeres.
Esbanjamento: nunca economizar com nada, gastar sem pensar.                          .
Vulgaridade: exagerar nas coisas bonitas.                                     .
Vaidade: preocupar-se apenas com sua grandiosidade e jamais aceitar seus defeitos.                  .
Ambição: ir atrás de suas coisas, sem pensar em nada. .                                          .
Irascibilidade: deixar que as emoções tomem conta, a ponto de ser violento com as pessoas, nas palavras e nas ações.
Orgulho: achar-se melhor que os outros, nunca aceitar que precisa dos outros.                 .                                             .                                               .
Zombaria: humilhar quem não têm as habilidades intelectivas.   .
Condescendência: querer ser amigo de todos, perdoar tudo de todos, nunca ver maldade nos outros.
Timidez: ter medo de mostrar seus sentimentos e seus pensamentos para os outros.
Inveja: não aceitar que as pessoas tenham sucesso.            .



______________
Fontes: (SÃO PAULO-SEE, Caderno do professor: filosofia, EM, 2ª S., V.1, p.28)