quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

LOGICA - O Silogismo

SILOGISMO é para Aristóteles a forma mais adequada de estrutura lógica de pensamento. Esse conceito tem um significado bastante específico na doutrina aristotélica: é o encadeamento de duas premissas (uma geral e outra particular) que levam a uma conclusão particular.

As qualificações geral e particular referem-se à "amplitude" da proposição. Ela é geral quando diz algo sobre todos os representantes individuais de um determinado conjunto. Por exemplo, a frase "todos os mamíferos respiram" é uma proposição geral, porque comunica uma característica que pertence a cada um dos elementos do conjun­to denominado mamíferos. A proposição particular é aquela que afirma alguma coisa sobre apenas um ou alguns seres ou objetos. "Este elefante é um mamífero" é uma proposição particular: ela informa um aspecto correspondente a determinado sujeito ("este elefante", e nenhum outro).

Silogismo vem do grego, syllogismós, que quer dizer "argu­mento". Premissa, do latim praemissa ("a que é enviada pri­meiro"), é uma proposição da qual se extrairá uma nova afir­mação; para isso, ela deve se relacionar com outra premissa, num raciocínio lógico.

(quer saber mais? Siga o link abaixo...)
O Silogismo

2 comentários:

  1. Gostei, mas faltam informações a mais, enfim.

    ResponderExcluir
  2. Amei, me ajudou bastante. Obrigado!

    ResponderExcluir