quarta-feira, 26 de outubro de 2011

AS TRES PENEIRAS DE SOCRATES


“Pessoas inteligentes falam sobre idéias; pessoas comuns falam sobre coisas; pessoas mesquinhas falam sobre pessoas”

Conta-se que a ideia das três peneiras foi atribuída a Sócrates, filósofo ateniense, que se pautava a sua vida sob três pilares: VERDADE - BONDADE – NECESSIDADE. Esses, a sua vez, foram transformados em peneiras.

Sempre que algo lhe ocorrer e sentir desejo de compartilhar com os demais, lembre-se das Três Peneiras:

- A primeira peneira é a da VERDADE.
Pergunte-se se você tem certeza de que esse fato é absolutamente verdadeiro. Se lhe sobrar no espírito alguma dúvida ou receio, então, não pode ser tido como verdadeiro.

- A segunda peneira é a da BONDADE.
Pergunte-se se o que você vai contar, gostaria que os outros também dissessem a seu respeito. Se por qualquer motivo lhe causar horror ou transtorno, então não pode ser tido como algo bondoso.


- A terceira peneira é a da NECESSIDADE.
Pergunte-se se você acha mesmo necessário contar esse fato ou mesmo passá-lo adiante. Se restar algo necessário e importante, então, poderá passar adiante.

Se as pessoas usassem desses critérios, seriam mais felizes e usariam seus esforços e talentos em outras atividades, antes de obedecer ao impulso de simplesmente passá-los adiante.

Sócrates ainda dizia: “conhece-te a ti mesmo!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário